This site uses cookies and other tracking technologies to provide you with our services, enhance the performance and functionality of our services, analyze the use of our products and services, and assist with our advertising and marketing efforts.

Cookie Policy   Privacy Notice

Visit http://www.esabna.com/ for more information about our products.

Gases do Ar

Print Print

Esses gases são obtidos através da destilação fracionada do ar, feita por indústrias. Elas retiram esses gases da atmosfera e com processos de compressão e expansão conseguem alterar as propriedades e separar cada um deles. Esse método é possível devido à variação de propriedade dos gases.


São chamados gases do ar, pois estão disponíveis no ar que respiramos.


OXIGÊNIO (O2)

     Características Gerais
·    O oxigênio é um gás incolor (sem cor), inodoro (sem cheiro), insípido (sem sabor) e constitui cerca de 21% do ar atmosférico;
·    Este gás sustenta a vida e a combustão na Terra;
·    A pureza do oxigênio é vital para um oxicorte eficiente, a redução de 1% na pureza do oxigênio reduz em 25% a velocidade de corte e, com pureza inferior a 95%, um maçarico de oxicorte simplesmente não conseguirá cortar.
·    É armazenado a aproximadamente 230 bar em cilindros de aço.
·    Não pode ser misturado com óleos e graxas, pois se corre o risco de explosão.

Aplicações
·    O oxigênio e outros gases industriais são hoje indispensáveis em operações de corte e processos de combustão. Em combinação com um gás combustível como acetileno, GLP, gás natural e/ou hidrogênio, o oxigênio é usado em processos de soldagem, corte, desempeno, escarfagem, flamagem, goivagem, aquecimento, entre outros processos;
·    É amplamente utilizado em tratamento médico de doenças respiratórias, em aplicações anestésicas e câmeras hiperbáricas;
·    O oxigênio de alta pureza é utilizado também em laboratórios.


ARGÔNIO (Ar)

     Características Gerais
·    O argônio é incolor, inodoro, sem gosto e não tóxico;
·    Ele é levemente solúvel em água;
·    O argônio não forma misturas químicas com outros materiais em nenhuma faixa de temperatura ou pressão;
·    É superior ao nitrogênio para certas aplicações inertes onde a formação de nitritos é prejudicial ao processo.
·    É armazenado a aproximadamente 230 bar em cilindros de aço.

Aplicações
·    Com o aumento da tecnologia de soldagem, o uso de argônio vem crescendo;
·    Ele é utilizado como gás de proteção em processos de soldagem à arco elétrico, tanto puro quanto em misturas com hélio, dióxido de carbono ou oxigênio;
·    O argônio é principalmente utilizado em processos de soldagem de metais e indústrias de lâmpadas incandescentes. É também largamente utilizado na indústria eletrônica;
·    Na soldagem MIG, o argônio é misturado para atingir determinadas características necessárias ao material a ser soldado, como em algumas ligas de aço, aço inoxidável, alumínio ou cobre;
·    O argônio é o gás mais comum em campos de proteção de soldagem TIG;
·    É utilizado em tochas de plasma;
·    Também é utilizado como gás de transporte de cromatografia.


NITROGÊNIO (N2)

     Características Gerais
·    O nitrogênio é incolor, inodoro, sem gosto e não tóxico;
·    Em condições normais, não é quimicamente ativo e é um gás totalmente inerte;
·    O nitrogênio é pouco condutor de calor e eletricidade e possui baixa solubilidade na maioria dos líquidos.
·    É armazenado a aproximadamente 230 bar em cilindros de aço.

     Aplicações
·    Entre as aplicações do nitrogênio, citamos o teste do fluxo de gases, calibração de manômetros, injeções plásticas; como propelente de aerossóis, atuador de ferramentas pneumáticas, acionador de tubulações, no manuseio e transporte de líquidos inflamáveis e na produção de vinhos;
·    O nitrogênio seco é usado como um gás de purga em sistemas de refrigeração, em torres catalíticas, em refinarias, em processos químicos e na fabricação de tubos eletrônicos e lâmpadas;
·    É um gás de transporte em cromatografia e de calibração em pesquisas científicas;
·    Quase inerte, o nitrogênio gasoso se emprega na indústria química como solvente, como protetor de outros produtos contra eventuais riscos de oxidação ou deterioração ou como inibidor de possíveis combustões e explosões;
·   Na indústria alimentícia, é utilizado em estado gasoso para prevenir a oxidação e o aparecimento de mofo ou insetos. Em estado líquido, é usado nos sistemas de refrigeração e como congelante seco. O baixo ponto de ebulição do nitrogênio recomenda seu uso como agente criogênico para a maioria das substâncias químicas e proporciona valiosos dados sobre o comportamento da matéria a baixas temperaturas;
·    As indústrias metalúrgica e elétrica recorrem ao nitrogênio para prevenir a oxidação. O caráter estável e a baixa reatividade do nitrogênio gasoso recomendam seu emprego no fabrico de espumas de borracha e plásticos, na obtenção de aerossóis e na pressurização de propulsores líquidos para jatos de reação. Na medicina, a substância também é largamente aproveitada, por seu rápido congelamento, como conservante.


DIÓXIDO DE CARBONO (CO2)

     Características Gerais
·    O dióxido de carbono é o mais versátil dos gases;
·    Suas características físicas e químicas, aliadas a sua habilidade de ser manuseado como um líquido, o fazem o melhor gás para várias aplicações;
·    É normalmente armazenado na forma líquida em um cilindro metálico sob alta pressão;
·    É geralmente inerte e não reativo sob a maioria das condições, apesar de torna-se quimicamente ativo quando exposto a misturas ou aquecidos;
·    O dióxido de carbono é um composto de carbono e oxigênio na proporção em peso de cerca de 24,3% de carbono e 72,7% de oxigênio;
·    Sob condições normais de temperatura e pressão o dióxido de carbono é incolor, inodoro, não tóxico, não inflamável e cerca de 1,5 vez mais pesado que o ar.

      Aplicações
·   Algumas aplicações para o CO2 comprimido: gaseificação de bebidas, proteção de soldas, cura de moldes de fundição em areia, combate a incêndios (extintores de CO2), conservação de alimentos.