This site uses cookies and other tracking technologies to provide you with our services, enhance the performance and functionality of our services, analyze the use of our products and services, and assist with our advertising and marketing efforts.

Cookie Policy   Privacy Notice

Visit http://www.esabna.com/ for more information about our products.

Print Print

FLAMAGEM

Flamagem é o termo utilizado para o processo de tratamento de superfícies por chama que pode ser oxi-acetilenica, oxi-misturas combustíveis e ar-combustível.

Os processos de flamagem são de diversas naturezas para diferentes finalidades. Os mais conhecidos são:

- Flamagem de Mármores e Granitos

Neste processo utiliza-se um equipamento de aquecimento com chamas em forma de pente que aplicam o calor diretamente na pedra. A chama pode ser oxigênio-acetilenica ou oxigênio-misturas. Este equipamento ainda possui saídas de água bem próximos à chama de aquecimento. Esta aplicação de calor instantâneo e resfriamento imediato faz com que a estrutura superficial dos granitos e mármores adquiram diferentes texturas e cores. A intensidade da chama e o tipo de gás também influenciam no resultado final. Os equipamento ainda podem ser fabricados com diferentes dimensões e potência térmicas.

- Flamagem de Plásticos

Como na flamagem de pedras o equipamento de flamagem de plásticos possuem a forma de um pente de chamas, porém não possuem o sistema de resfriamento com água e sua potência térmica é muito reduzida para não ocorrerem danos às peças trabalhadas. A chama é gerada óleo sistema ar-combustível. A aplicação da chama em peças de plástico (como pará-choque de carros, spoilers, molduras, etc...) serve para alterar ligeiramente a rugosidade superficial dos plásticos injetados para a aplicação da pintura posteriormente, garantindo a aderência da tinta. O processo pode ser manual ou automatizado. Na indústria automobilística existem robôs de flamagem para trabalhos em larga escala e alta qualidade.

- Flamagem de Vidros

Processo similar à flamagem de plásticos e com a mesma finalidade de preparação da superfície para adesão de pintura. Porém a flamagem de vidros utiliza um equipamento com um chama carburante (somente gás) de acetileno ou GLP que produz ainda uma quantidade substancial de fuligem que adere à superfície do vidro. Este processo é amplamente aplicado na indústria automobilística (máscaras negras de pára-brisas, faróis, vidros laterais) e na indústria de vidros ornamentais em geral.

flamagem

Conheça nossa linha

Nossos produtos oferecem segurança e durabilidade.